This webpage is only available as an historical record.
CAAUL has merged with CAUP in 2015 to form the Institute of Astrophysics and Space Sciences.

Instrumentação Óptica em Astrofísica


  • Metrologia Óptica
    A nova geração de instrumentos ópticos de abertura múltipla e/ou constituídos por plataformas independentes exigem o recurso a metrologia óptica de muito elevado desempenho que viabilize o conhecimento e o controlo da configuração a menos de uma fracção do comprimento de onda. Trata-se de um domínio coberto por diversos projectos ESA e de defesa, existindo uma possibilidade real de demonstração de um sistema de metrologia óptica (interferometria por varrimento de frequência) na missão da ESA, Proba 3, em 2012.

  • Navegação Óptica
    Inclui dois tipos de sistemas de visão e de lidar, para determinação da:
    • topografia de superfícies planetárias e cartografar os riscos de aterragem fazem parte integrante dos sistemas de aterragem automática (hazard avoidance); neste domínio, a cooperação com empresas nacionais e internacionais tem sido uma constante desde 2001.
    • distância e orientação relativas entre naves independentes para efeitos de navegação relativa, aproximação e atracagem (rendezvous & docking); uma experiência desta natureza será embarcada na missão ESA, Proba 3, em 2012.
     
  • Instrumentação óptica
    Todos os sistemas baseados em radiações no domínio óptico do espectro, em modo coerente ou incoerente, em modo ponto ou imagem, tanto espaciais como terrestres, desde as fases de estudo de viabilidade, projecto, simulação do funcionamento instrumental, procurement, integração, calibração e testes. Actividades de processamento de sinal e imagem associadas a calibração, identificação e compensação de defeitos instrumentais, extracção de informação relevante, seja de atributos radiométricos ou fotométricos como geométricos.

Equipa de trabalho

© CAAUL :: Centro de Astronomia e Astrofísica da Universidade de Lisboa